quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Grelhados de Pescada e Espargos acompanhado de Batata cozida e Salada de Tomate


Já tinha usado espargos em conserva, mas de facto o seu sabor e texturas não me convenceram nada. Resolvi então comprar frescos e é de facto mil vezes melhor. Adoro a sua textura semi-crocante!! Delicioso. Tenho é de cortar da próxima um pouco mais da base pois é amarga. Fiz uns grelhados com espargos e pescada e um acompanhamento bem simplório e bom!! 

Ingredientes:

- 3 batatas;
- Água q.b.;
- 1 folha de louro;
- 1 fio de azeite;
- Sal, q.b.

_________________________
- Azeite para pincelar;
- 4 espargos frescos;
- 2 lombos de pescada;
- Sal, q.b.;
- Ervas provence;
- Limão.
Cozer as batatas em água, sal, 1 fio de azeite e 1 folha de louro.

Pincelar o grelhador e grelhar a pescada e os espargos. Temperar com sal e ervas de provence. No fim serve-se com batatas e salada de tomate. Reguei o peixe e espargos com sumo de limão.





11 comentários:

  1. hum que delicia!
    peixinho grelhado tão bom!

    ResponderEliminar
  2. Nunca provei espargos, que parva, mas tenho de fazer.

    Bjinho
    Papinha Doce

    ResponderEliminar
  3. Espargos foi algo que ainda não passou pela minha cozinha, mas tem que passar pois parece bom e esse peixinho tá com um aspecto bom

    ResponderEliminar
  4. Gosto imenso de espargos, adorei a tua refeição.

    ResponderEliminar
  5. Tenho que experimentar espargos frescos, porque os enlatados também não me convenceram nada.
    Gostei da sugestão.

    bjos

    ResponderEliminar
  6. Receita show ... Show de foto, tudo perfeito

    Parabéns

    abraço
    Daniel Moura
    http://feitonahora.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  7. Espargos frescos são do melhor que há... E o meu menino tem o hábito de ir colher espargos selvagens, que têm um sabor diferente, são mais "magrinhos", mas tão bons! Já fiz receitas com eles, estão lá no "Fatias".
    Um truque para saber onde deves cortar os espargos, porque a parte dura não é boa, é ires dobrando os espargos, fazendo um arco. Por onde o espargo partir naturalmente é até onde é bom, suculento e crocante, sem qualquer acidez ou fibrosidade. uso sempre esse truque tanto para os selvagens como para esses que usaste.

    ResponderEliminar
  8. Obrigada pela dica Catarina!!

    De facto foi a primeira vez que fiz e vi logo que aquela zona era ácida!! assim já sei como remover o mau!! beijinhos a todos

    ResponderEliminar
  9. so provei de conserva e nao desgostei
    sao bosn e assim acreditoq ue sejam melhores
    beijinhos

    ResponderEliminar

OBRIGADA PELA VISITA.

Sónia Meirinho

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...